o34a0603 Notícias

Foram 10 os projetos acelerados pela Startup Braga em 2019. No Demo Day as startups que participaram no 6ª Programa de Aceleração tiveram a oportunidade de apresentar os resultados dos meses intensivos de trabalho, num dia marcado pelo networking e pelo contacto com rostos incontornáveis do ecossistema da Startup Braga. Da solução inovadora para o sistema judicial até à tecnologia que poderá salvar muitas vidas, são muitas as soluções que resultam desta iniciativa.

No evento em que o hub de inovação da comunidade da Startup Braga celebrou, estiveram reunidos para debater o futuro da indústria das startups mentores, especialistas, empresas e parceiros com sensibilidades e experiências diferentes, quer nacionais, quer internacionais.

Para Alexandre Mendes, diretor executivo da Startup Braga, a reflexão sobre o futuro da indústria das startups é essencial para a adaptação do ecossistema. “Temos equipas bastante profissionais. No início trabalhávamos com recém-licenciados, que não tinham experiência profissional. Hoje em dia, os perfis são mais maduros, já conhecem o sector, já têm conhecimento específico sobre uma determinada indústria e vêm cá arrancar as suas startups”, contou.

Sobre a sexta edição do Programa de Aceleração da Startup Braga, Alexandre Mendes realça a força internacional assumida pela marca bracarense ao conseguir reunir “candidaturas de 12 países diferentes”, tendo sido selecionadas startups de quatro países. “Este cariz internacional trouxe novas características ao programa de aceleração. Portanto, o balanço que nós fazemos é francamente positivo, no sentido em que é uma prova de que a comunidade que rodeia a Startup Braga está forte e vibrante e envolvida”, acrescentou.

 Criada em 2014, a Startup Braga assinala este mês cinco anos e conta com 67 startups aceleradas e 135 startups na sua comunidade, que já ultrapassaram a barreira dos 40 milhões de euros em investimento e impulsionaram a criação de 600 postos de trabalho.